Foto: Marcos Leão / Acervo Belotur

  CADASTRO DE AMBULANTES  

.

Você quer trabalhar no Carnaval 2020? Então se liga: a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur e da Secretaria Municipal de Política Urbana, publicou, nesta quarta-feira (6/11), o edital de cadastramento para ambulantes interessados em comercializar bebidas e adereços carnavalescos durante o Carnaval de Belo Horizonte 2020. 
 
A inscrição deverá ser feita pessoalmente no BH Resolve (Rua Caetés, 342 – Centro), de 18 a 29 de novembro, das 8h às 17h, exceto sábados, domingos e feriados. 

 
Acesse o edital e consulte a documentação aqui: https://prefeitura.pbh.gov.br/politica-urbana/licitacao/chamamento-publico-119-2019
 
Acesse aqui o Formulário de Adesão ao Credenciamento

 

Foto: Marcos Leão / Acervo Belotur

O chamamento é destinado a pessoas que querem vender, em caráter temporário e no varejo, produtos como água, bebidas industrializadas (alcoólicas e não alcoólicas) e enfeites carnavalescos, durante o período oficial da folia belo-horizontina, que em 2020 será de 8 de fevereiro a 1º de março. Só podem se credenciar maiores de 18 anos e que realmente terão disponibilidade de trabalhar no período oficial, para evitar desperdício de material de credenciamento.
 
Os interessados devem apresentar os originais dos seguintes documentos: identidade com foto, CPF e comprovante de residência. Não é necessária a apresentação de cópias dos documentos —  uma decisão da PBH para a redução do uso de papel. 
 
Lembre-se de levar o Formulário de Adesão ao Credenciamento com Declaração de Compromisso de Execução dos Serviços dentro das Normas Editalícias, disponível no link acima. O formulário já deve estar preenchido e assinado e não estará disponível no local. 
 
Quem tiver alguma dúvida sobre o edital deve enviá-la para o endereço eletrônico eventos.belotur@pbh.gov.br.
 
Credenciamento
O cadastramento no BH Resolve é apenas a primeira fase para que o ambulante tenha o direito de comercialização durante o Período Oficial do Carnaval de Belo Horizonte 2020. A segunda fase, que terá data divulgada em breve, é a de credenciamento, em que os profissionais buscam o documento que os identifica como regularizados para exercerem as atividades. 
 
A credencial, pessoal e intransferível, dá ao ambulante o direito de circular pelos desfiles de Blocos de Rua, desde que o profissional respeite as normas descritas no edital, entre elas a proibição de venda de alimentos, bebidas fracionadas e em recipientes de vidro. Também não é permitida a permanência na frente do percurso dos blocos de rua, evitando o seu livre desenvolvimento, e na dispersão dos desfiles.