Foto: Ísis Medeiros / Área de Serviço / Acervo Belotur

.

A tarde desta quinta-feira foi de muita emoção para dirigentes, integrantes e torcida das Escolas de Samba e Blocos Caricatos de Belo Horizonte. Após apuração realizada no Mercado da Lagoinha, a Escola de Samba Canto da Alvorada e o Bloco Caricato Bacharéis do Samba foram anunciados como os campeões do Carnaval de Belo Horizonte 2020.

Blocos caricatos

O Bloco Caricato Bacharéis do Samba levou o título com homenagem a Raul Seixas. Foto: Ísis Medeiros / Área de Serviço / Acervo Belotur

Os Blocos Caricatos foram os primeiros a saber o resultado. O Bacharéis do Samba garantiu, pelo segundo ano consecutivo, o primeiríssimo lugar, após uma disputa bem acirrada e desempate na reta final. O bloco homenageou o cantor e compositor Raul Seixas, que completaria 75 anos em 2020.

O segundo lugar ficou com Estivadores do Havaí e o terceiro com o bloco Por Acaso. O Bacharéis levou a melhor ainda nas categorias samba e bateria. No grupo B, o 1º lugar ficou com Corsários do Samba. Novo blocos, divididos entre grupo A e grupo B, desfilaram na última segunda-feira (24/2), na Avenida Afonso Pena.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀ ⠀ ⠀ ⠀

Os jurados avaliaram os critérios bateria, temática, fantasia, alegorias e adereços e samba/marcha tema para escolher o grande campeão de 2020. Os blocos caricatos vencedores do grupo A receberão um troféu e uma premiação em dinheiro, sendo R$30 mil para o 1º lugar, $20 mil para o 2º e R$10 mil para o 3º lugar. Melhor bateria e melhor compositor do samba ou marcha levam R$5 mil. O primeiro colocado do grupo B na classificação geral receberá um troféu e premiação de R$ 5 mil.

Foto: Ísis Medeiros / Área de Serviço / Acervo Belotur

Escolas de samba

Enredo da Canto da Alvorada contou a história do estilista mineiro Ronaldo Fraga. Foto: Ísis Medeiros / Área de Serviço / Acervo Belotur

A campeã Canto da Alvorada foi premiada também nas categorias fantasia, samba-enredo, harmonia, mestre-sala e porta-bandeira, enredo, alegoria e adereços, e bateria. Com o enredo que homenageou o estilista mineiro Ronaldo Fraga, a escola conquistou o título pela 17ª vez.

O segundo lugar ficou com Acadêmicos de Venda Nova, também eleita a melhor em conjunto e comissão de frente. E o terceiro com a escola Cidade Jardim.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Houve empates em várias categorias, com três escolas dividindo o 1.o lugar. O prêmio de melhor bateria ficou entre Acadêmicos de Venda Nova, Canto da Alvorada e Cidade Jardim. Já no samba-enredo, Raio de Sol, Acadêmicos de Venda Nova e Canto da Alvorada dividiram o pódio. No quesito enredo, o 1.o lugar ficou com Raio de Sol, Canto da Alvorada e Estrela do Vale.

O desfile das escolas de samba aconteceu na última terça (25/2), na Av. Afonso Pena. Oito agremiações disputaram o grande título. Não faltou brilho, dedicação e torcida na avenida e as arquibancadas estavam tomadas pelo público, que acompanhou até o último minuto.

As escolas foram avaliadas nos critérios samba-enredo, bateria, harmonia, conjunto harmônico, comissão de frente, mestre-sala e porta-bandeira, alegorias, fantasias e enredo. A campeã, além de conquistar o troféu de 1º lugar, ainda recebe R$ 80 mil. O 2.o e 3.o lugares recebem R$ 40 mil e R$ 20 mil, respectivamente. Bateria, samba-enredo, casal de mestre-sala e porta-bandeira e comissão de frente com maiores notas levam a premiação de R$10 mil.

Foto: Ísis Medeiros / Área de Serviço / Acervo Belotur

Os desfiles das Escolas de Samba e Blocos Caricatos de Belo Horizonte são apresentados pelo Ministério da Cidadania, Secretaria Especial de Cultura e Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Belotur. O evento é realizado via Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio Master da Skol Puro Malte e apoio técnico da Liga das Escolas de Samba de Minas Gerais (Liemg).