Eventos /  Apresentação artística la la-ticket green  /  Artes Cênicas

#Quarentemas - 8o. episódio -“Droga Zora”

Descrição

A multiartista Zora Santos é a protagonista do oitavo episódio da websérie #Quarentemas, intitulado “Droga Zora", no qual uma cozinheira acredita que uma pessoa pode manter a imunidade por meio da comida. O episódio inédito integra o projeto Teatro EmMov Digital e vai ao ar na próxima quinta-feira, dia 29 de outubro, às 20h, pelo perfil do Instagram @teatroemmovimento e pelo canal no youtube.com/teatroemmovimento.

O convite a Zora Santos foi feito pelo cineasta Gilberto Scarpa, que já dirigiu a atriz que protagonizou seu filme “Pare e siga” (2018). Scarpa integra a equipe de direção do #Quarentemas, ao lado de Inês Peixoto. “Ele me convidou no auge da pandemia e eu recebi este chamado como um alento e alegria grandes, por poder trabalhar trancada em casa”. Zora mantém um canal no Youtube de culinária e ela conta que o roteiro surgiu a partir desse trabalho dela com a cozinha. “Eu já estava fazendo lives de culinária e ele sugeriu que o meu gatilho de criação fosse de uma pessoa preocupada com a saúde através da alimentação. Então, a ideia foi de, através da comida, manter a imunidade, se é que isso é possível”, lembra. Ela recorda que foi bem prazeroso gravar as cenas. “Eu estou em isolamento social com a minha filha Catarina Queiroz que fez a parte de filmagem, pelo celular.

O Márcio Medina faz a maravilhosa direção de arte via zoom. E o Gilberto Scarpa dirigiu de longe e ia me dizendo assim “aproveita, não é sempre que a gente não tem um diretor no pé da gente enchendo o saco”. Então, foi maravilhoso! Mas antes de gravar nós conversamos, pensamos sobre cada cena, sobre a parte técnica, luz e direcionamento da câmera”, conta. Zora Santos, de 67 anos, é multiartista e cozinheira. Mantém seu canal no Youtube atualmente com a serie de culminaria “Vem cozinhar comigo”. Em 2017, a chefe de cozinha e artista plástica, sob a direção de Ricardo Aleixo protagonizou a obra: “Aquela Mulher”. No cinema, sob direção de Gilberto Scarpa, protagoniza o media metragem, “Pare e Siga”. Já em 2018, tendo a direção de Grace Passo e Ricardo Alves Jr, atua no media metragem, “Vaga Carne“. Em 1972, Belo Horizonte, venceu o concurso de modelos negras.

Após anos se dedicando a essa profissão estreou como atriz, em 1973, “O relatório Kinsey” (Olha que tem nós na cama) com direção de Alcione Araújo. Já em 1974, com direção de Haroldo de Oliveira e direção musical de Paulo Moura, estrela o musical “Orfeu“. Sempre buscando novos desafios, se aventura no cinema em “Os inconfidentes“, 1972, com direção de Joaquim Pedro Andrade. Atua também em “Chico Rei“, 1985, direção de Walter Lima Júnior. Atualmente, dedica-se a escrita de seu livro de receitas que resgata memórias de infância.

Localização
online