Eventos /  Apresentação artística la la-ticket green  /  Música

Sarau literário “Vozes Pretas: Um olhar sobre a escrita de mulheres negras” - Memorial Vale

Descrição

O Memorial Vale traz nesta semana, de 11 a 20 de novembro, atrações que celebram o dia e o mês da Consciência Negra. Saraus literários e musicais também são destaque.

As apresentações continuam online, seguindo o planejamento do #MemorialValeEmCasa, feitas pelo Youtube e disponíveis nas redes sociais do espaço (facebook e instagram) e também no site.

12/11 – SARAU LITERÁRIO “VOZES PRETAS: UM OLHAR SOBRE A ESCRITA DE MULHERES NEGRAS”, COM FABIANA BRASIL

No dia 12 de novembro, quinta-feira, às 19h30, o Memorial Vale apresenta o sarau literário “Vozes Pretas: Um olhar sobre a escrita de mulheres negras”, da atriz e contadora de histórias Fabiana Brasil. Será um sarau com leitura de contos e poemas das escritoras Cidinha da Silva, Conceição Evaristo, Maria Tereza e Nívia Sabino.

“Por estas leituras iremos refletir o fazer literário dessas mulheres, suas reflexões sobre o próprio ato de escrever. É um lugar de abrir caminhos a sociedade, identidades e aos corpos que essa literatura apresenta”, explica Fabiana.

Para expandir as vozes ecoadas no sarau, Fabiana Brasil convida Anair Patrícia, Andréa Rodrigues e Michele Bernardino, que vão ler contos e poemas das autoras citadas. Além disso, serão feitas as leituras de alguns trabalhos autorais das convidadas.

“O sarau é um convite à aproximação dessa escrita tão importante para a compreensão dos processos socioculturais do Brasil, além de ser o compartilhamento de uma literatura de excelência, afastada brutalmente dos clássicos literários brasileiros”, completa Fabiana.

O evento integra o projeto “Contemporâneo”, do Memorial Vale. Fabiana Brasil é atriz, contadora de histórias e doutoranda em literaturas de língua portuguesa na PUC/MG. É graduada em letras pela UFMG e formada no curso técnico de ator no Teatro Universitário da UFMG. Integra a Cia. Bando de Belo Horizonte, dedicada ao teatro para as infâncias.

Sua trajetória, de pesquisas e práticas segue o percurso da escrita de mulheres negras.

Informações
Data
a
Entrada
Gratuito