Eventos /  Apresentação artística la la-ticket green  /  Música

Show: Glaw Nader - "Memorial Instrumental"

Descrição

O mês de julho no Memorial Vale está repleto de atrações para divertir as férias das crianças, colocando os adultos para participar também.

Música, teatro, performance, palhaços e o grupo Moçambique Branco de Araguari estão entre as atrações culturais.

25/07 – GLAW NADER NO MEMORIAL INSTRUMENTAL

No dia 25 de julho, domingo, às 11 horas, o Memorial Vale traz, dentro do projeto Memorial Instrumental, a apresentação da pianista e cantora Glaw Nader, com seu trabalho de música instrumental e protagonismo negro e feminino, em duo com Samuel Ekel (teclado e eletrônicos), artista também negro.

A estreia acontecerá no dia 25 de julho, Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha.

O Memorial Instrumental tem curadoria de Juliana Nogueira. “Me juntar aos meus pra fazer a música que é nossa.”

Essa frase reúne a essência e a potência de como Glaw encara sua arte.

O grande motivador para o seu trabalho é o bebop, movimento iniciado pelo saxofonista e compositor Charlie Parker, que de tão significativo inaugurou uma nova era na trajetória do jazz.

A artista Glaw Nader atua como pianista, compositora, arranjadora e cantora. Sua atuação profissional se estende para produtora musical, professora e pesquisadora de música.

Ela é idealizadora, arranjadora e cantora da Aurora Boreal Jazz Band, é mestre em Performance Musical pela Universidade Federal de Minas Gerais e a criadora do curso “Música sem segredo”.

Ela prepara em 2021 o lançamento de seu primeiro álbum, “Tempo de amor”, trabalho que faz uma releitura da obra de Baden. Glaw já dividiu o palco com grandes artistas como Toninho Horta, Túlio Mourão, Marilton Borges, Cliff Korman, Mauro Rodrigues, Cleber Alves, Wilson Lopes e Clara Sandroni.

Iniciada em março de 2020, a série Memorial Instrumental foi aberta com show em trio em homenagem às mulheres, formado pelos músicos Christiano Caldas (piano), Lincoln Cheib (bateria) e Stephan Kurmann (contrabaixo acústico). Logo após o primeiro show houve uma pausa em função da pandemia.

E depois de alguns meses, veio a retomada de forma on-line.

No período de junho a dezembro foram realizados, mensalmente, shows com nomes da música instrumental de Belo Horizonte levando até ao público as possibilidades sonoras de instrumentos variados, tocados por músicos de diversas gerações.

Em 2021, a série será dedicada às mulheres.

Localização
online
Data
a
Entrada
Gratuito