Eventos /  Encontro la la-ticket green  /  Cultural

ENVELHEÇO NA CIDADE

Descrição

“Belo Horizonte não era uma tolice como as outras. Era uma provinciana saudável, de carnes leves e pesseguíneas.

Era um remanso, era um remanso para fugir às partes agitadas do Brasil, sorrindo do Rio de Janeiro e de São Paulo: tão prafrentex, as duas! e nós lá: macio- amesendados na calma e na verde brisa irônica.”

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) havia há muito deixado BH quando escreveu, em 1976, o poema “Triste horizonte”. Personagem de livros, filmes, shows, discos, músicas, Belo Horizonte tem diferentes leituras nas artes.

“Envelheço na cidade – Belo Horizonte como personagem” é um projeto que nasce para recuperação da memória cultural da capital mineira como também para mostrar como ela se relaciona com as artes e o turismo de hoje.

Criado para o ambiente digital, o projeto pretende contar a história da cidade por meio de vozes de artistas e/ou realizadores que, ao contrário da geração de Drummond, permaneceram em BH e a partir dela ganharam o Brasil e o mundo.

O evento é patrocinado pela Prefeitura de Belo Horizonte por meio da Belotur.

Entre os dias 02 e 10 de setembro serão transmitidos no YouTube cinco programas. Na abertura, Toninho Horta fala de sua trajetória e das histórias do Clube de Esquina. No dia 4 será a vez do coreógrafo do Grupo Corpo Rodrigo Pederneiras.

Ele vai contar sobre a relação da companhia, que nasceu na casa de sua própria família no bairro da Serra, e também do novo espetáculo do grupo, concebido durante a pandemia.

Beatriz Apocalypse, do Grupo Giramundo, vai contar, entre outras histórias, a apresentação que a companhia de teatro de bonecos fez no lago do Parque Municipal de Belo Horizonte.

A entrevista está marcada para 6 de setembro. Cineasta mineiro, Helvécio Ratton é o convidado do dia 8 de setembro.

No bate-papo, ele revela detalhes de “O lodo”, seu mais novo filme, que tem o centro de Belo Horizonte como cenário. Eduardo Moreira, ator e diretor do Grupo Galpão, encerra a série em 10 de setembro, mostrando a relação da companhia com a capital mineira.

A ideia, para além das respectivas trajetórias artísticas dos convidados, é relacionar o caminhar de cada um com Belo Horizonte, já que os grupos e artistas se fixaram em regiões diferentes da cidade.

O projeto pretende também recuperar a memória de uma Belo Horizonte que nem sempre está sob os holofotes. Como são os bairros/regiões onde os artistas estão inseridos? Como os respectivos espaços mudaram ao longo do tempo?

O projeto online pretende mostrar Belo Horizonte como uma cidade não só de forte tradição cultural, mas também com forte atuação na área no tempo presente.

Complementando as entrevistas haverá também a participação dos guias de turismo Alexandre Martins, Egberto Nelson Fernandes Lacerda, Tércia Harry, Luciana Teixeira Nascimento e Av. Bias Fortes, 803/Pilotis, Lourdes – BH/MG | Tel: (31) 99282 6879 Horácio Nelson Lacerda Neto, mostrando as curiosidades de cada região e o que elas oferecem ao belo-horizontino e ao turista que vem à capital mineira.

A jornalista Mariana Peixoto, repórter de Cultura do jornal “Estado de Minas”, comanda as entrevistas que serão apresentadas no Youtube, sempre às 20h, nos dias 2, 4, 6, 8 e 10 de setembro.

Localização
online
Informações
Data
a
a
a
a
a
Projeto de entrevistas online resgata memórias e histórias de grupos e artistas mineiros e as regiões em que viveram em BH, trazendo a cultura e o turismo para a pauta.
Datas: 02/09 (Toninho Horta), 04/09 (Rodrigo Pederneiras), 06/09 (Beatriz Apocalypse), 08/09
(Helvécio Raton) e 10/09 (Eduardo Moreira).
Entrada
Gratuito
PROMOÇÃO
Helvécio Carlos de Figueiredo
REALIZAÇÃO
Helvécio Carlos de Figueiredo