Eventos /  Exibição la la-ticket green  /  Artes Cênicas

Espetáculo: "Errantes" - Uma jornada em nove episódios

Descrição

Um momento de convívio entre atuantes e público para comer, beber e compartilhar a vida, memórias, sonhos e receitas. Experiência que poderia acontecer no teatro, mas com os novos tempos, será numa sala de zoom, via transmissão no YouTube. “Queremos ‘jogar conversa dentro’, cear é um pretexto para estar juntos“, explica a diretora Rafaela Kênia sobre “Ceia”, um dos episódios de “Errantes” do Grupo Teatro Público, que no dia 8 de outubro, quinta-feira, às 20h, inaugura o primeiro encontro virtual dos artistas com o público. A dramaturgia é de Raysner de Paula e, a orientação de pesquisa, de Nina Caetano e Julia Guimarães. Os episódios são lançados periodicamente, ao longo da temporada, que segue em cartaz por 40 dias, até 15 de novembro, no site www.errantes.net.

O espetáculo “Errantes” lança mão das noções conviviais e relacionais da história de Jesus Cristo para propor encontro, presença, memória, afetos e partilha, por meio das plataformas digitais, e, em contraponto, propõe um distanciamento do que representa essa figura de Cristo no imaginário da maior parte do Ocidente. Para assistir à “Ceia” e a todos os episódios da temporada, basta o espectador acessar o site errantes.net. Já para estar presente na sala virtual e interagir em tempo real nas performances, a inscrições é pelo sympla, até 7 de outubro, quarta. As vagas são limitadas, apenas 18 espectadores por dia.

A temporada de “Errantes” é dividida em 9 episódios. “Como estamos vivendo esse excesso no mundo digital, a ideia é que o espectador tenha espaços de respiro entre um episódio e outro. Assim também como são narrados os passos de Cristo, ou ainda, os atos de uma peça”, explica a diretora e integrante do grupo Rafaela Kênia. O primeiro episódio - “Prólogo” -, um vídeo documental (produzido pela NAUM), será publicado, às 18h, no dia 7/10 (quarta). Como o próprio nome diz, “Prólogo” é uma preparação para o público embarcar na jornada. O episódio relata o processo de criação do trabalho, durante o isolamento. “Passamos por uma espécie de Calvário, tendo que descobrir como criar na adversidade. A impossibilidade de não estarmos com as pessoas em geral e com o público, é uma cruz que pesa nesse momento de pandemia para o artista. Nas errâncias e quedas, a gente foi descobrindo outros significados”, completa.

Localização
online
Video

 

Data
a
7 de outubro – “Prólogo” – vídeo sobre o processo, de preparação para a temporada – 18h
8 de outubro – “CEIA” – primeiro encontro virtual dos artistas com o público – 20h
Entrada
Gratuito