Eventos /  Exibição la la-ticket green  /  Audiovisual

Exibição dos curtas “Azul Escuro” e “Eterno – um capítulo incontestável”

Descrição

O Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC) exibirá, nesta sexta-feira (1º de novembro), às 20h, dois curtas-metragens produzidos pelo Coletivo 1921. Vencedor do Festival Cinefoot, o curta “Azul escuro” conta a história de um torcedor cego que vive na Amazônia. O outro filme, “Eterno – um capítulo incontestável”, relata o dia em que uma família participou do recorde de torcedores do Cruzeiro no Mineirão. Os ingressos são gratuitos (quatro por pessoa) e podem ser retirados na bilheteria do Teatro, a partir das 18h. Os organizadores sugerem ao público a doação de um pacote de fraldas geriátricas, que serão destinadas, pelo Programa Minas Tênis Solidário, a instituições assistenciais. Com duração de 25 minutos, “Azul escuro” conta a história de Seu Lúcio, um cruzeirense que vive na Amazônia. Após ficar cego e quase suicidar, Seu Lúcio passou a produzir um livro sobre o Cruzeiro, sua paixão acalentada desde a infância de órfão. Por um surpreendente acaso, sua história de menino escondido no interior da floresta chegou à imensa torcida em Belo Horizonte, levando a vida do torcedor solitário a um desfecho emocionante. Para produzir o filme, o Coletivo 1921 fez um financiamento coletivo, e cerca de 330 torcedores doaram a quantia necessária para as gravações na Amazônia e em Belo Horizonte. Produzido em 2017, “Eterno – Um capítulo incontestável” tem duração de 7 minutos e mostra a história da família Ribeiro, que, no dia 22 de julho de 1997, lotou uma Kombi, em Betim, e foi assistir à partida do Cruzeiro contra o Villa Nova, no Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, integrando a multidão de 132.834 torcedores. Aquele seria o “eterno recorde” de público do segundo maior estádio do Brasil. Vinte anos depois, a família Ribeiro se reuniu novamente para reviver aquele dia em que a torcida do Cruzeiro escreveu um dos capítulos mais importantes de sua história. 

Localização
Centro Cultural Minas Tênis Clube - Rua da Bahia, 2244 - Bairro de Lourdes
Centro-Sul
Data
Ingressos: gratuitos (até quatro por pessoa), com retirada a partir das 18h, na bilheteria do Teatro.
Entrada
Gratuito