Eventos /  Exibição la la-ticket green  /  Audiovisual

Projeto CineCentro | CineClássico Quarentena - Centro Cultural UFMG

Descrição

O CineCentro de junho indica uma seleção de obras da nova geração do gênero western, que se utilizam dos temas dessa narrativa cinematográfica para reinterpretá-la refletindo sobre a realidade em diferentes abordagens e novos olhares.

Esses filmes se apropriam de mitos e discursos do passado para pensar os problemas do presente.

O denominado “neo-western’’ ou “faroeste moderno” constrói narrativas mais elaboradas que incluem uma série de questionamentos sobre a representação e representatividade dos nativos, negros e imigrantes, assim como do masculino e feminino.

Os faroestes modernos conseguem subverter a lógica de representação, que eram recorrentes nos faroestes tradicionais, acrescentando mais complexidade aos personagens e ambientes.

A indústria cinematográfica do gênero modelou vários dos símbolos repetidos à exaustão, como a figura do caubói montado em seu cavalo, diligências, ferrovia, a marcha do progresso, xerife, pistoleiros, a mocinha indefesa, a dançarina de Saloon, as paisagens áridas, a conquista do território, etc.

Além do mais, trabalhou repetidamente com contraposições: o Leste versus o Oeste, o bem contra o mal, o civilizado e o selvagem, o mocinho e bandido.

Em decorrência do desgaste de suas fórmulas e consequente redução da produção, em termos quantitativos, o gênero perde espaço e apenas reascende quando alguns diretores lançam filmes que se tornaram premiados e aclamados pelo público e crítica.

Novas questões alteraram o panorama dos filmes de faroeste contemporâneos.

As mulheres, que antes eram retratadas como secundárias aos personagens masculinos, seus salvadores, vêm sendo representadas em personagens mais fortes e atuantes em filmes como Dívida de honra e Amaldiçoada.

A questão da homossexualidade entre caubóis nunca havia sido abordada, até então, e é apresentada de modo sério, sensível e não estereotipado em O segredo de Brokeback Mountain.

Os personagens negros e a questão do preconceito são centrais nas obras Django livre e Os oito odiados, de Quentin Tarantino.

O cenário de produção dos filmes de “Westerns Modernos” convive tanto com películas mais puristas, em termos de estrutura narrativa, quanto com versões contemporâneas, nas quais os elementos do gênero recebem releituras e atualizações.

Apesar de ser um cinema tipicamente norte-americano, os EUA não são os únicos que realizam filmes de qualidade neste estilo.

A produção brasileira, inclusive, tem alguns títulos como o premiado “Boi neon”, de Gabriel Mascaro e “A luneta do tempo”, dirigido pelo cantor e compositor Alceu Valença.

Os filmes da mostra podem ser encontrados nas plataformas de streaming Netflix, Amazon Prime Video, YouTube e Globoplay:

08.06 – A luneta do tempo – (A luneta do tempo (título original), Faroeste, Drama, Musical, 2014, Brasil, Direção: Alceu Valença, 99’, 14 anos). Nota IMDb: 6,9. A partir da história de Lampião e Maria Bonita no sertão, o filme cria personagens fictícios que vivem amores e aventuras em um universo circense, ao lado dessas lendas folclóricas e ao som de cordel, também escrito por Alceu Valença. Disponível em: YouTube.

10.06 – A balada de Buster Scruggs – (The Ballad of Buster Scruggs (título original), Faroeste, Comédia, Drama, Musical, 2018, EUA, Direção: Ethan Coen e Joel Coen, 133’, 16 anos). Nota IMDb: 7,3. Os aclamados irmãos Coen idealizam uma antologia em que o enigmático caubói Buster Scruggs tem sua vida desvendada em seis diferentes histórias. Acompanhando pistoleiros cantores, colonizadores, mineiros, homens condenados à forca, caçadores de recompensa e todo tipo de personalidade do Velho Oeste, esses seis contos vão da mais profunda reflexão até o mais completo absurdo. Disponível em: Netflix

15.06 – Dívida de honra – (The Homesman (título original), Drama, Faroeste, 2014, EUA, França, Direção: Tommy Lee Jones, 122’, 16 anos). Nota IMDb: 6,6. Mary Bee Cuddy (Hilary Swank) e um estranho posseiro chamado George Briggs (Tommy Lee Jones) – que reivindica direitos sobre terrenos durante a Conquista do Oeste nos EUA – precisam escoltar três mulheres dementes do Nebraska à Iowa, enfrentando as dificuldades da natureza pelo caminho. Disponível em: Amazon Prime Video.

17.06 – Amaldiçoada – (Brimstone (título original), Faroeste, Drama, Mistério, 2016, Países Baixos, França, Alemanha, Bélgica, Suécia, UK, EUA, Direção: Martin Koolhoven, 148’, 18 anos). Nota IMDb: 7.1. Liz (Dakota Fanning) é uma corajosa mulher que tenta fugir de seu passado, mas passa a ser perseguida por um fanático diabólico (Guy Pearce). Diante dessa adversidade, Liz é uma verdadeira sobrevivente que vai lutar para criar uma vida melhor para ela e sua filha. Disponível em: Amazon Prime Video e YouTube.

22.06 – Alma de Cowboy – (Concrete Cowboy (título original), Faroeste, Drama, 2020, EUA, UK, Direção: Ricky Staub, 111’, 16 anos). Nota IMDb: 6,3. Cole (Caleb McLaughlin), um adolescente de 15 anos, é levado para viver com seu pai Harp (Idris Elba) no norte da Filadélfia. Lá ele descobre a vibrante cultura de caubóis urbanos da cidade, que existe há mais de 100 anos, proporcionando um refúgio seguro para o bairro, apesar da pobreza e violência. Disponível em: Netflix.

24.06 – Relatos do mundo – (News of the World (título original), Faroeste, Ação, Aventura, Drama, 2020, EUA, China, Direção: Paul Greengrass, 118’, 14 anos). Nota IMDb: 6,8. Um veterano de guerra (Tom Hanks) que viaja de cidade em cidade lendo as notícias faz uma perigosa viagem pelo Texas para levar uma garotinha órfã até seu novo lar. Disponível em: Netflix.

29.06 – Os oito odiados – (The Hateful Eight (título original), Faroeste, Comédia, Drama, Mistério, 2015, EUA, Direção: Quentin Tarantino, 168’, 18 anos). Nota IMDb: 7,8. Um grupo de desconhecidos é obrigado a passar a noite em uma estalagem isolada durante uma nevasca. Entre os presentes estão os caçadores de recompensa Marquis Warren (Samuel L. Jackson) e John Ruth (Kurt Russell). Esse último está transportando uma foragida da justiça, Daisy Domergue (Jennifer Jason Leigh), e logo desconfia que alguém no grupo está ali para libertá-la. Disponível em: Amazon Prime Video.

Outros filmes para maratonar:

– A qualquer custo – (Hell or High Water (título original), Faroeste, Ação, Crime, Drama, 2016, EUA, Direção: David Mackenzie, 102’, 14 anos). Nota IMDb: 7,6. Disponível em: YouTube.

– Boi neon – (Boi neon (título original), Faroeste, Drama, 2015, Brasil, Uruguai, Países Baixos, Direção: Gabriel Mascaro, 116’, 16 anos). Nota IMDb: 6,8. Disponível em: Netflix.

– Django Livre – (Django Unchained (título original), Faroeste, Drama, 2012, EUA, Direção: Quentin Tarantino, 165’, 16 anos). Nota IMDb: 8,4. Disponível em: Netflix.

– Oeste sem lei – (Slow West (título original), Drama, Romance, 2015, Reino Unido, Nova Zelândia, Direção: John Maclean, 84’, 16 anos). Nota IMDb: 6,9. Disponível em: Netflix.

– O segredo de Brokeback Mountain – (Brokeback Mountain (título original), Faroeste, Drama, Romance, 2005, EUA, Canadá, Direção: Ang Lee, 134’, 14 anos). Nota IMDb: 7,7. Disponível em: Netflix.

– Os infratores – (Lawless (título original), Faroeste, Crime, Drama, 2012, EUA, Direção: John Hillcoat, 116’, 16 anos). Nota IMDb: 7,3­­. Disponível em: YouTube.

Localização
online
Video

 

Data
a
Centro Cultural UFMG indica filmes de “Westerns Modernos” para quem deseja conhecer essa nova vertente do gênero
Entrada
Gratuito