Eventos /  Exibição la la-ticket green  /  Audiovisual

VÍDEO OSMG E CLMG | O MESSIAS, DE GEORG FRIEDRICH HÄNDEL - PROJETO PALÁCIO EM SUA COMPANHIA

Descrição

O Coral Lírico (CLMG) e a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais (OSMG) homenageiam a Fundação Clóvis Salgado com mais um vídeo marcante e repleto de história, que integrará o Projeto Palácio em Sua Companhia. No mês em que a instituição completa 50 anos, os dois corpos artísticos se reúnem de forma remota na gravação do trecho Halellujah, 42º movimento do oratório Messias (1741), composto por Georg Friedrich Händel. A obra completa foi apresentada na inauguração do Grande Teatro do Palácio das Artes, em 14 de março de 1971, um ano após a criação da Fundação Clóvis Salgado. Na ocasião, Messias foi executado pela Orquestra Sinfônica Nacional e pelo Coro da Associação de Canto Coral do Rio de Janeiro, com regência do maestro Isaac Karabtchevsky – que também participa do vídeo a ser lançado neste domingo (28), com um depoimento emocionante. Este evento possui correalização da Appa – Arte e Cultura.

O vídeo de Messias também conta com diversos depoimentos de antigos componentes da OSMG e CLMG, que deixaram saudações em homenagem ao cinquentenário da FCS e à beleza e versatilidade dos corpos artísticos. As falas dos convidados são sobrepostas à canção, e traçam um panorama rico e virtuoso do caminho já trilhado pela Orquestra e pelo Coral. Participam como convidados os cantores líricos Carol Rennó, Ramiro Silva e Rosa Dias, Rosa Silveira, Conceição Nicolau, Eliaci Macedo, Izabela Brant, Cristina Lessa, Dívora Mizrahy, Eduardo Santana, Vânia Soares, e Edésio Lara; e os instrumentistas Abílio Gouvêa, Luiza Chequer, Edith Pfau, Fernando Pacífico, Gláucia Borges, Marlene Moreira Martins e José Eustáquio Babeto.

Segundo o maestro titular da OSMG, Silvio Viegas, que assina a direção musical em parceria com a maestrina associada ao CLMG, Lara Tanaka, essa produção somente foi possível graças ao trabalho organizado e a cooperação de todos os artistas, que se envolveram em um processo de aprendizado para a confecção do vídeo. Além disso, segundo o maestro, a escolha do trecho possui um significado muito forte: “nenhum outro momento do oratório é tão emblemático como o ‘Halellujah’, que exalta a figura de Jesus Cristo como humano, e une de forma representativa os conceitos de igualdade, fraternidade e respeito”, ressalta Viegas.

Localização
Informações
Data
Maestro ISAAC KARABTCHVSKY e EX-INTEGRANTES dos corpos artísticos são os convidados especiais desse vídeo inédito
Entrada
Gratuito