Eventos /  Festa la la-ticket green  /  Audiovisual

Festa da Luz de Belo Horizonte

Descrição

Entre os dias 25 e 31 de outubro, o baixo centro de Beagá será tomado por ondas eletromagnéticas coloridas.

um sonho? Entrelaçando arte urbana, tecnologia e arquitetura, a primeira edição da Festa da Luz de Belo Horizonte vai transformar espaços da cidade carregados de memória e de afeto em um circuito iluminado de arte pública.

A programação começa na segunda-feira com oficinas de criação e projeção.

De quinta a domingo, instalações e projetos de iluminação cênica trazem cor e poesia para locais como o Viaduto Santa Tereza e a escadaria da Estação Central do Metrô.

Sexta e sábado, das 19h às 22h, edifícios tradicionais da região - Itatiaia, Sulacap/Sulamérica e prédios da Aarão Reis - vão receber obras de video mapping, criadas para o festival, em suas fachadas.

Ainda no sábado, o coletivo Projetemos chega junto para uma invasão luminosa em prédios da região.

A Festa da Luz foi idealizada pela Associação Cultural Casinha e pela Híbrido Comunicação e Cultura e é uma coprodução das duas com a Pública, produtora do CURA – Circuito Urbano de Arte, que acontece no mesmo período.

O Sula, novo restaurante, bar e espaço cultural, comandado pela Híbrido e localizado no Edifício Sulamérica, será o espaço oficial da Festa da Luz. “Em 2013, a Casinha promoveu uma oficina de videomapping, ministrada pelo artista Valentino Kmentt e sediada na Híbrido.

Ali foi plantada uma semente. Começamos a pesquisar os ligth festivals pelo mundo e a conversar sobre a possibilidade de criar um festival nesse formato, mesclando arte, tecnologia, patrimônio e ocupação do espaço público.

No ano passado, a Pública chegou pra somar forças com todo seu conhecimento em arte pública. E agora finalmente vamos materializar esse sonho antigo”, comemora Matheus Rocha, integrante da Associação Cultural Casinha. “Janaína Macruz e eu chegamos para somar com a nossa experiência em produção de obras de arte pública e também na direção artística do festival.

Concebemos um festival multimídia com obras site specific como é o caso da instalação do Goma que vai iluminar a fachada histórica da Serraria Souza Pinto.

A ideia é proporcionar uma experiência artística única para o público belo horizontino,” conta Juliana Flores, curadora e sócia fundadora da Pública Agência de Arte.

A primeira edição da Festa da Luz tem patrocínio da Cemig e da Becks por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.

Localização
baixo centro de Beagá
Informações
Data
a
A primeira edição do festival acontece nesta semana e terá 20 obras de artistas de todas as regiões do país reunidas em um circuito de arte numa das regiões mais queridas da cidade
Entrada
Gratuito