Eventos /  Mesa de conversa  /  Multi-área

LIVE: FAVELAS E RACISMO GEOGRÁFICO

Descrição

Não é e nem nunca foi uma escolha dos trabalhadores morar nas periferias; ao contrário: o modelo de cidade capitalista é que joga os mais pobres em regiões cada vez mais distantes . Contudo isso criou as condições para que os trabalhadores se organizem nos territórios periféricos por uma série de reivindicações comuns. Criou identidades coletivas dos trabalhadores em torno destas reivindicações e de suas lutas.

Os grande centros urbanos operam na lógica do capitalismo a excluir a maioria da população trabalhadora cujo não possuem privilégios para garantir com qualidade de vida o direito habitacional. Cidades pós coloniais como as brasileiras não exercitam a premissa do exercício de uma sociedade plural, pois por meio do racismo estrutural as cidades não é para todos.


A convidada do dia 11/09, sexta feira de Oxalá é a arquiteta urbanista TAINÁ DE PAULA e com ela vamos escurecer o porque as favelas das metrópole são a cara do Racismo geográfico. E qual é a relação do racismo geográfico com a favela?

A live acontecerá no instagram da Rede Museologia Kilombola às 18h.

Localização
ONLINE
Data
Entrada
Gratuito