Eventos /  Projeto la la-ticket green  /  Cultural

Programação Memorial Vale Em Casa (22 a 31 de outubro)

Descrição

22/10 – CONCERTO PARA CONTRABAIXO, COM DUDU LIMA

Hoje, às 19h30, o instrumentista, contrabaixista, compositor e arranjador mineiro Dudu Lima apresentará no YouTube do Memorial Vale o espetáculo “Concerto para Contrabaixo”, que promete levar o ouvinte a uma viagem musical, em que o fio condutor é o contrabaixo e todas as possibilidades de interpretação solo desse belíssimo instrumento. O show é um trabalho especialíssimo de criação e liberdade artística, fruto de 30 anos de carreira dedicados a música, em especial ao contrabaixo. Entre as músicas que ele vai tocar estão "Vila Bahia" (Dudu Lima), "Rapadura é doce mas não é mole não" (Dudu Lima) e "Rio das minhas flores" (Dudu Lima). A apresentação integra o projeto “Contemporâneo’ do Memorial Vale.

24/10 – SOMOS UM, COM CLIVER HONORATO

No dia 24 de outubro, sábado, às 17 horas, o Memorial Vale apresenta o projeto Somos Um, que nasceu na quarentena e tem conectado o cantor e compositor Cliver Honorato com vários artistas do Brasil e do mundo, utilizando o formato de live. A proposta é unir potencialidades criativas de artistas brasileiros e europeus e promover a fruição e troca de experiências culturais. O roteiro do show conta com canções de Cliver Honorato, André Abujamra, Iaiá Drumond, Marquim D'Morais e Chus que, na construção do roteiro realizado com minuciosa pesquisa, casam umas com as outras, por meio de cenas temáticas. A apresentação integra o projeto Contemporâneo do Memorial Vale.

29/10 – SARAU RECONECTA: ENTRE O LÚDICO E O NECESSÁRIO

No dia 29 de outubro, quinta-feira, às 19h30, o Memorial Vale recebe o sarau literário Reconecta, versão online do projeto que, antes da pandemia, realizava apresentações artísticas abertas ao público nas cidades de Ouro Preto e Mariana, como parte da programação do Festival de Inverno de Ouro Preto. O evento integra o projeto “Gerais Cultura de Minas” do Memorial Vale.

30/10 – SHOW ADRIANA ARAÚJO – COMPOSITORES MINEIROS

No dia 30 de outubro, sexta-feira, às 19h30, o Memorial Vale recebe o show da cantora Adriana Araújo: Compositores Mineiros. Nesse pocket show ela interpreta músicas escritas apenas por compositores mineiros, incluindo canções inéditas que estarão em seu primeiro CD "Minha Verdade", que será lançado no primeiro semestre de 2021. Esse evento integra o projeto Gerais Cultura de Minas do Memorial Vale.

30/10 e 31/10 – PRÁTICA DE RELAXAMENTO ATRAVÉS DO SOM

Nos dias 30 e 31 de outubro, às 10 horas, o Memorial Vale convida para dois momentos de meditação, conduzidos pelo psicólogo, psicanalista e professor de yoga e meditação, Bernardo Malamut. No primeiro vídeo será esclarecido como relaxamento é a base para uma consciência atenta e para isso será usado o foco na respiração como técnica. No segundo vídeo, tendo a base do relaxamento através da respiração, será trabalhado o som do gongo como forma de alterar o fluxo de pensamentos, para permitir o espaço aberto onde a consciência criativa pode acontecer. A atividade integra o projeto “Sensações Memoráveis” do Memorial Vale, com curadoria do artista visual e professor de kundalini yoga Alessandro Aued.

31/10 – MARIANA NUNES CANTA FLÁVIO HENRIQUE

No dia 31 de outubro, sábado, às 17 horas, Mariana Nunes faz show em homenagem a Flávio Henrique seu grande amigo e parceiro, com uma coletânea pessoal desse repertório tão afetivo pra ela. O show faz parte do projeto “Gerais Cultura de Minas” do Memorial Vale.

31/10 – EDI ROCK: ORIGENS

No dia 31 de outubro, sábado, às 20 horas, o projeto Diversidade Periférica destacará a trajetória do cantor e compositor Edi Rock, integrante do maior grupo da história do Hip Hop Brasileiro: o Racionais MC’s. Edi Rock tem um jeito peculiar na forma de compor seus trabalhos, escreveu algumas das músicas mais importantes do Rap, como “Negro Drama”, “A vida é desafio’, “That’s My Way” , entre tantas outras pérolas. Nessa apresentação, Edi Rock mergulhará em suas raízes musicais mais profundas e abrirá seus horizontes para explorar diferentes sons e se conectar com nomes da nova geração. O projeto “Origens” é uma celebração da música brasileira, em que o rap se junta ao funk, ao samba e até ao sertanejo, com influências de R&B, reggae, rock, blues e folk. A curadoria é de Patrícia Alencar, uma das diretoras da Cufa – Central Única das Favelas.

Localização
Online
Video

 

Data
a
Entrada
Gratuito