Eventos /  Show la la-ticket green  /  Música

Show “Somos um especial a Caetano Veloso”

Descrição

A ideia de que somente a arte pode salvar as mentes e corações no momento de pandemia e isolamento social se mantém na segunda edição do show live “Somos um”. Esta sessão do show, que será no dia 15 de agosto, sábado, às 17h (Brasil) e 21h (Portugal), será dedicada à obra de Caetano Veloso, que completa 78 anos em agosto. A segunda edição do “Somos um” mostra o trabalho de artistas do Brasil, Estado Unidos e da Europa, com o objetivo de fazer com que a arte seja a identidade que une todas as pessoas. Dança, música, artes visuais e cênicas fazem parte do espetáculo que será transmitido ao vivo por Davit Gimenez, no canal do youtube de Cliver Honorato, idealizador do show. Será pedida uma contribuição que será dividida pelos artistas que participam do espetáculo.

Depois do sucesso do primeiro show live “Somos um”, que teve a participação de Nathalia Bellar, cantautora paraibana, André Abujamra, músico e multi-instrimentista paulista, Chus, musicista espanhola, entre outros artistas, Cliver Honorato, idealizador do projeto, decidiu fazer mais uma edição. “O ‘Somos um’ nasceu depois de ser adiada uma turnê pela Europa e EUA, minha e de outros artistas da música e dança de BH. O resultado foi muito bom, tanto em termos técnicos, como de conteúdo e diversidade artística. Pensei: temos que fazer de novo!”, conta Cliver. A ideia de fazer com um tema é uma forma de dar uma direção para o show. “Fazer sobre a obra de Caetano Veloso, que é sempre relevante, é uma maneira de ovacionar a arte nacional. Eu, particularmente, tenho intimidade com as canções de Caetano, já fiz um show, com a banda BatuqueCello somente com a obra deste grande baiano”, revela Cliver.

De forma diversa, o show “Somos um” apresenta, sob a produção de Diana Mourão, Giana Lucindo e Sheila Paiva, artistas já consagrados como a atriz e cantora Lydia Del Picchia, do Grupo Galpão, Fábio Dornas, ex-bailarino do Grupo de Dança 1º Ato de Belo Horizonte, o ator mineiro Glicério do Rosário, que fez parte do elenco das novelas “Órfãos da Terra” e “Cordel Encantado” da TV Globo, a bailarina Lunna Gomes, que fez parte da Quasar Cia. De Dança de Goiás e que hoje reside nos EUA. Esses nomes se unem a outros artistas de extremo talento como a sambista mineira Manu Dias, o músico e ator Luiz Rocha, o guitarrista Fillipe Glauss, o percussionista Daniel Guedes, o violoncelista Ricardo Campos, a cantora Lidia Brandão (Portugal), os violonistas Cris Julian (Portugal) e André Oliveira e o ilustrador Genin Guerra. Para o ator Glicério do Rosário “é somente pela união que nós, artistas e promotores culturais, conseguiremos novos caminhos de criação e sobrevivência neste momento único na nossa história”, observa.

No roteiro do espetáculo, canções de Cliver Honorato e de Caetano Veloso, como “Escândalo”, feita para a cantora Angela Ro Ro, “Como dois e dois”, feita para Roberto Carlos cantar, “Cajuína”, feita em homenagem para o poeta Torquato Neto, “Fora da ordem”, “Estranho Amor”, “Alguém cantando”, entre outras canções. A atriz Lydia Del Picchia afirma a importância de homenagear Caetano. “Falar em Caetano - para além da genialidade do artista que todos conhecemos e admiramos - é falar de um sobrevivente, de um ser que está sempre atento ao momento presente, de uma pessoa corajosa e teimosa, no melhor sentido”, afirma.

Localização
Online
Data
Show que une artistas do Brasil, USA e Europa homenageia Caetano Veloso.
Horário: 17h (Brasil) e 21h (Portugal)
Entrada
Gratuito