O que Fazer / Arte e Cultura /  Bibliotecas la la-institution red

Arquivo Público Mineiro

Descrição

O Arquivo Público Mineiro – APM é uma superintendência da Secretaria de Estado de Cultura, responsável por planejar e coordenar a gestão de documentos e executar o recolhimento, a organização e a preservação de documentos provenientes do Poder Executivo de Minas Gerais e dos arquivos privados de interesse público e social. É a mais antiga Instituição cultural de Minas Gerais. Criado em Ouro Preto em 1895, tinha como atribuições receber, conservar e classificar os documentos referentes ao direito público, à legislação, à administração, à história e geografia e às manifestações do movimento científico, literário e artístico do Estado. Era responsável, ainda, pelo recolhimento, guarda e classificação de pinturas, esculturas e mobiliário de valor artístico ou histórico. Em 1901, o Arquivo foi anexado à Secretaria do Interior e transferido de Ouro Preto para Cidade de Minas, atual Belo Horizonte. A casa que hoje abriga a Instituição, localizada na Av. João Pinheiro, foi construída em 1897 pela Comissão Construtora da Nova Capital para servir de residência ao secretário das Finanças. Em 1938, essa casa, até então ocupada pela Prefeitura de Belo Horizonte, passou a servir de sede do APM.  O acervo é constituído de documentos manuscritos, impressos, mapas, plantas, fotografias, gravuras, filmes, livros, folhetos e periódicos. São documentos de origem pública referentes à Administração Pública de Minas Gerais produzidos desde o século XVIII, período colonial brasileiro, até o século XXI e documentos de origem privada de interesse público e social.

A consulta presencial ao acervo deve ser agendada pelo link disponibilizado pelo Arquivo Público Mineiro todos os meses, através das redes sociais. 

Regras para o agendamento:

  1. O atendimento presencial será agendado somente para consulta aos documentos que não estejam disponíveis pelo Sistema Informatizado de Acesso (SIAAPM);
  2. A consulta presencial precisará ser agendada com, no mínimo, 1 (um) dia útil de antecedência;
  3. A permanência máxima será até o fim da faixa de horário agendada e situações excepcionais serão apreciadas pela coordenação;
  4. Recomenda-se que, se julgando insuficiente uma única faixa de horário para consulta à documentação, se agende de antemão a consulta na faixa de horário subsequente no mesmo dia.

Na ocasião da consulta presencial, a reserva de horários adicionais para o mesmo dia poderá ser solicitada aos atendentes mediante disponibilidade de agenda.

Localização
Avenida João Pinheiro, 372 - Centro
Centro-Sul
Funcionamento
segunda-feira 9:00-17:00
terça-feira 9:00-17:00
quarta-feira 9:00-17:00
quinta-feira 9:00-17:00
sexta-feira 9:00-17:00
sábado Fechado
domingo Fechado
Entrada
Gratuito
Possui Estacionamento
Não
Bar/Restaurante/Café
Não