Eventos /  Encontro la la-ticket green  /  Cultural

Lançamento da “Série Ensaio Aberto Encontro das Águas”

Descrição

“Encontro das Águas” foi construído através do universo afro-brasileiro presente tanto na obra “Mar Morto” de Jorge Amado quanto na cultura popular mineira, sobretudo do Norte, no Vale do Jequitinhonha.

Essa rica junção cultural, partindo dos rios de Minas e entrando no mar de Amado, é expressa pelas linguagens do teatro, da música e da dança.

É o prólogo do projeto ainda em construção "Mulheres de Mar", e traz elementos precedentes e elucidativos da trama que irá se desenrolar posteriormente.

Regina Perocini, idealizadora do projeto - de família majoritariamente formada por mulheres do Vale do Jequitinhonha que carregam riquezas de saberes das cantigas, das danças de roda, das ervas, das rezas, do fazer humano com sentido, força e resistência - compartilha parte dessa herança nesse projeto.

Em “Encontro das Águas”, Costureiras, Lavadeiras, Artesãs e Benzedeiras são mulheres que superam um conjunto de regras e preceitos injustos, passam a ocupar um papel diferente daquele já previsto por acordos sociais e que resistem à dura realidade imposta.

As danças e músicas exploradas são de influência afro indígena e a trilha sonora executada ao vivo. Além disso, o repertório é composto de cantigas de domínio público, composições dos artistas do espetáculo e canções de grandes compositores da MPB como: Milton Nascimento, Dorival Caymmi e Paulo César Pinheiro.

O roteiro apresenta trechos da obra de Amado, textos autorais, que conectam corpo e musicalidade, e convidam a refletir sobre racismo, preconceito, intolerância e questionamento sobre as injustas condições impostas às mulheres.

O lançamento da série de vídeos específicos contará com a participação dos artistas que fizeram parte da construção do espetáculo com o objetivo compartilhar com o público parte desse processo de criação transmitidas por meio de dança, música e prosa, levando ao público histórias que falam de ancestralidade, crenças, ritos e costumes populares.

Cabe salientar que serão observadas e respeitadas as medidas vigentes de prevenção ao contágio do COVID-19, publicadas em âmbito federal, estadual e municipal, priorizando ações que não propiciem aglomerações em todas as etapas de produção e execução do projeto, que é financiado com recursos de Edital da Secretaria do Estado de Cultura de Minas Gerais.

CAPÍTULO I – INSPIRAÇÃO

Data da exibição: 12 e 13 de fevereiro – 19h

A artista idealizadora do projeto, Regina Perocini, conta o que é a Série Ensaio Aberto Encontro das Águas e compartilha um pouco de como se deu a inspiração para a criação do espetáculo musical que originou essa série. Elenco: Regina Perocini

CAPÍTULO II – OS FIGURINOS, A DANÇA E MEMÓRIAS

Data da exibição: 12 e 13 de fevereiro  – 19h

As figurinistas do Vale do Jequitinhonha, Dalva de Assis e Janile Barreto junto com Regina Perocini se encontram para compartilhar um pouco de como se deu a construção dos figurinos do musical Encontro das Águas. Mentes e mãos criadoras retratam os pontos importantes dessa construção voltada para o movimento do corpo e a influência das memórias de infância do Vale. Elenco: Dalva de Assis, Janile Barreto e Regina Perocini

CAPÍTULO III – EM CENA: VOZ, SONS E MOVIMENTO

Data da exibição: 19 e 20 de fevereiro  – 19h

Jessé Duarte, ator/diretor da Cia Crônica, diretor de cena do musical Encontro das Águas, conta como se deu a construção das cenas a partir dos registros escritos por Regina Perocini, envolvendo as linguagens da dança, música e poesia, o simbolismo e a mensagem presente no espetáculo. Elenco: Jessé Duarte e Regina Perocini

CAPÍTULO IV – “CAMINANDO PRO RIO EU CAÍ NO MAR”

Data da exibição: 19 e 20 de fevereiro –19h

O cantor e compositor Tom Nascimento conta como foi fazer parte do projeto Encontro das Águas e sua participação na construção da trilha sonora. A música Asa, de sua autoria, a qual deu vida à caminhada dos rios de Minas ao Mar de Jorge Amado. Elenco: Tom Nascimento e Regina Perocini

CAPÍTULO V – ARTE SONORA EM CENA

Data da exibição: 26 e 27 de fevereiro – 19h

Johnny Herno, artista mineiro, aborda sua estética percussiva e teatral que compõem sua arte sonora na trilha do musical Encontro das Águas, onde corpo e sons se convergem. Elenco: Johnny Herno e Regina Perocini

CAPÍTULO VI – OS BATUQUES E A DANÇA

Data de exibição: 26 e 27 de fevereiro – 19h

O percussionista e compositor Gangan conta um pouco de como seu saber dos tambores contribuíram para a celebrar a força da ancestralidade nas cenas do musical Encontro das Águas que teve como fonte inspiradora o congado e os batuques do Vale do Jequitinhonha. Elenco: Gangan e Regina Perocini

CAPÍTULO VII – PAPO DE BAMBA

Data de exibição: 28 de fevereiro – 19h

Carlos Fred, multi-instrumentista, cantor e compositor mostra um pouco de como seu mergulho nas afro-brasilidades puderam compor a estrutura musical do Encontro das Águas, sobretudo quanto ao universo do samba. Elenco: Carlos Fred e Regina Perocini

Localização
online
Video

 

Data
a
A produção tem como objetivo compartilhar parte do processo criativo de Encontro das Águas, musical que destaca o universo afro-indígena presente na cultura popular mineira, sobretudo das regiões ribeirinhas no Vale do Jequitinhonha, e fazem uma conexão com a obra Mar Morto de Jorge Amado.
Entrada
Gratuito