Eventos /  Exibição la la-ticket green  /  Audiovisual

Exibição dos curtas “Konãgxeka - O Dilúvio Maxakali”, “Caminho dos Gigantes” e “Mitos Indígenas em Travessia”

Descrição

A mostra de curtas-metragens tem a temática das Culturas Indígenas e reúne a exibição de três produções 

Na língua indígena maxakali, Konãgxeka quer dizer “água grande”. Trata-se da versão maxakali da história do dilúvio. Como um castigo, por causa do egoísmo e da ganância dos homens, os espíritos yãmîy enviam a “grande água”. Um dos diretores é representante do povo indígena Maxakali, de Minas Gerais. Filme falado em língua Maxakali, com legenda. O argumento do filme é o mito diluviano do povo Maxakali. As ilustrações para o filme foram feitas por indígenas Maxakali, durante oficina realizada na Aldeia Verde Maxakali, no município de Ladainha, em Minas Gerais.

“Caminho dos Gigantes” é um curta-metragem de Alois Di Leo e Sinlogo Animation. O filme é uma busca poética pela razão e propósito da vida, que conta a história de Oquirá, uma menina indígena de seis anos, que enfrenta o ciclo da vida e o conceito de destino. O filme explora as forças da natureza e a nossa conexão com a terra e os seus elementos. A música tem um papel importante na história. O mestre de música andina, Tito La Rosa, foi trazido do Peru até São Paulo para compor e tocar a música, utilizando instrumentos musicais andinos e incas – muitos dos quais ele e o seu filho confeccionaram manualmente, seguindo tradições andinas.

Já o curta-metragem de animação “Mitos Indígenas em Travessia” reúne seis histórias indígenas dos tempos antigos das etnias Kuikuro (Aldeia Afukuri, Terra Indígena Parque do Xingu, no Mato Grosso), Javaé (Aldeia São João, Terra Indígena Parque do Araguaia, Ilha do Bananal, Tocantins) e Kadiwéu (Aldeia São João, Terra Indígena Kadiwéu, Mato Grosso do Sul). Entre as histórias: A Ema, O Menino-Peixe, As Mulheres Sem Rosto, A Via Láctea, A Menina Cobra, e O Urubu-Rei. A produção é dirigida por Julia Vellutini e Wesley Rodrigues. 

Classificação: livre

Forma de veiculação: YouTube da Fundação Municipal de Cultura: youtube.com/canalfmc
 

Informações
Data
a
Entrada
Gratuito
Este evento faz parte do Circuito Municipal de Cultura
Sim