Eventos /  Sarau la la-ticket green  /  Literatura

Sarau Libertário Fevereiro 2020 | “Culturas Pelo Mundo”

Descrição

O Sarau Libertário realiza sua segunda edição em 2020 no dia 9/2 (domingo), a partir das 14h, na Casa Kubitscheck. Desta vez, foram convidados para debater o tema “Culturas Pelo Mundo” o poeta, compositor, artista visual e arte-educador Renato Negrão; a cantora, compositora e percussionista Elisa de Sena; o cantor, compositor e instrumentista Sérgio Pererê; e o grupo de teatro Mulheres Míticas. Gratuito, o evento é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

Para Elisa de Sena, é de extrema importância que eventos como o Sarau Libertário aconteçam na cidade, fortalecendo o trabalho dos artistas autorais. “Neste caso, os artistas têm ainda a oportunidade de debater com o público temas bastante importantes”, sublinha a cantora, que lançou em agosto de 2019 o elogiado álbum “Cura”, pela Natura Musical.

“A arte tem um papel crucial na construção e no fortalecimento de identidades individuais e coletivas”, continua Elisa de Sena. “Minha expressão artística, sutilmente ou não, é também política. E ter um espaço como o Sarau Libertário fomenta meu trabalho e contribui para uma transformação social que deve ser coletiva”, completa a artista, que também é integrante do coletivo Negras Autoras e do Tambor Mineiro.

Renato Negrão ressalta também a potência da proposta do Sarau Libertário, de misturar diferentes linguagens artísticas que se constroem a partir da palavra. “O mesmo tema visto por perspectivas diferentes, por pessoas que operam em linguagens diferentes, é sempre algo muito instigante, muito salutar”, afirma.

“Participei recentemente de uma mesa em Poços de Caldas e observei como uma questão vista por um artista plástico ganha outro olhar quando é vista por uma pessoa da arquitetura ou da literatura”, diz ainda o poeta, autor de “Odisseia Vácuo”, “Vicente Viciado” e outros cinco livros de poemas.

Sobre o Sarau Libertário

Em 2019, o Sarau Libertário realizou oito edições entre os meses de abril e novembro, que ocuparam quatro diferentes aparelhos culturais da Região da Pampulha. Participaram da temporada nomes como Luiz Ruffato, Julia Branco, Teuda Bara, Helio Flanders, Kdu dos Anjos e Bia Nogueira, entre outros. Mesclando teatro, música, literatura e artes visuais, o evento surgiu em 2016, movido pelo desejo de criar um espaço novo e plural para artistas independentes de Belo Horizonte.

Até hoje, foram realizadas 11 edições, que contaram com a participação de 35 artistas. A lista tem ainda nomes da música, como Di Souza e Deh Mussulini; da literatura, como Lucia Castello Branco, Nívea Sabino e João Maria Kaisen; e do teatro, como as atrizes Lira Ribas e Mariana Arruda. “Começamos em 2016, com quatro ótimas edições. O tema do primeiro foi ‘Primeiras Palavras’ e o segundo ‘Cantar o Amor’. Já o terceiro foi ‘O Silêncio e o Grito’ e, o quarto, ‘Metamorfoses’”, relembra a produtora Bruna Kalil Othero.

“Em 2017, estreamos com um novo formato do Sarau, com o tema ‘Beagá em Cena’. No mês de junho, o tema foi ‘Gênero e Diversidade’ e, em setembro, ‘Poéticas da Mulher’. Para fechar, eu e o Octávio Cardozzo, que também produz o Sarau, montamos uma edição especial, chamada ‘Amor Amargo’”, completa. Em 2018, foi a vez de debater o tema "Passados & Futuros", com Ana Elisa Ribeiro, Sidarta Riani e o Bremmer Guimarães. “Também fizemos uma linda e potente edição sobre ‘Poéticas Negras’, com o professor Marcos Alexandre e a cantora Josi Lopes”, finaliza.

Localização
Casa Kubitscheck - Avenida Otacílio Negrão de Lima, 4.188 – Bairro Bandeirantes
Pampulha
Data
a
Com Elisa de Sena e Renato Negrão, Sarau Libertário debate culturas pelo mundo.
Segunda edição do evento em 2020 traz ainda Sérgio Pererê e Mulheres Míticas;
Entrada
Gratuito