Luneta Mirante das Mangabeiras
Foto: Amira Hissa / Acervo PBH

Para quem gosta de ver os belos horizontes

Em muitas capitais, no Brasil e no mundo, as melhores vistas da cidade podem ser observadas a partir do topo de prédios e arranha-céus. Belo Horizonte tem edifícios que oferecem pontos de vista únicos, especialmente no Centro, mas é muito privilegiada: a cidade está repleta de mirantes naturais, instalados em parques e serras localizados em seu seus arredores. 

Além de estruturas seguras e confortáveis integradas a áreas de preservação, é possível curtir novos belos horizontes, a exemplo da balaustrada da Rua Sapucaí. Escolha seu mirante e surpreenda-se com as belezas e paisagens de Belo Horizonte! 
 

Mirante do Mangabeiras

Gosta de contemplar uma paisagem que parece não ter fim? Já experimentou tirar os olhos da telinha do celular e procurar pontos turísticos da cidade em um “mapa” real? O Mirante do Mangabeiras é um convite para ficar horas admirando a vista de um dos pontos mais altos da capital, a mais de mil metros de altitude. Com decks de madeira instalados para ampliar a experiência, o local fica bem próximo ao Parque das Mangabeiras e à residência oficial do governador de Minas Gerais.

Em dezembro de 2018, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio de Belotur, instalou três lunetas para observação terrestre. As lentes possuem foco pré-ajustado, o que facilita a observação por pessoas de todas as idades. 

Endereço: R. Pedro José Pardo, 1000 - Mangabeiras
Telefone: Central de Segurança 3277-8275 / Diretoria do Parque das Mangabeiras 3277-5240
Funcionamento: de quinta a domingo, das 10h às 17h podendo, excepcionalmente, sofrer alterações a critério da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB).
Entrada gratuita ao Mirante.

Mirante Mangabeiras Belo Horizonte
Foto: Suzana Montandon / Acervo PBH

 

Mirante do Parque da Serra do Curral

Tombada pela Lei Orgânica do Município e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a Serra do Curral é o marco geográfico mais representativo da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O Parque possui 10 mirantes distribuídos por quatro mil metros de extensão, de onde o visitante pode identificar pontos turísticos da cidade e aspectos naturais de seu entorno, como a Lagoa da Pampulha, o Parque Municipal Américo Renné Giannetti, a Avenida Afonso Pena, o Estádio Mineirão, o Museu de História Natural e o Jardim Botânico da UFMG, o Pico do Itabirito, a Serra da Piedade, o Morro do Pires, o Morro do Elefante, o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, entre outros. No momento, em função de estudos científicos sobre flora ameaçada de extinção, somente está disponível aos visitantes a caminhada livre (sem guias) até o mirante 3. 


Endereço: Avenida José do Patrocínio Pontes, 1951 – Mangabeiras
Telefone: (31) 3277-8120
Funcionamento: de quinta a domingo, das 8h às 17h
Acesso gratuito
Informações sobre visitas guiadas: (31) 3246-0600
 

Mirantes do Parque da Serra do Curral
Foto: Breno Pataro / Acervo PBH

Praça do Papa

O nome Praça do Papa consagrou-se após a visita à cidade feita pelo Pontífice João Paulo II, em 1980, quando afirmou: “Vocês podem olhar as montanhas atrás e dizer belo horizonte. Vocês podem olhar a cidade à frente e dizer belo horizonte. Mas, sobretudo, quando se olhar para vocês, se deve dizer: Que Belo Horizonte!”. O evento foi tão inesquecível que o local foi reurbanizado e recebeu a escultura Monumento à Paz, do artista plástico Ricardo Carvão. Além de render uma bela vista da cidade, a visita à Praça do Papa oferece atrações para crianças e para quem deseja conhecer a melhor pipoca de carrinho de Belo Horizonte.

Endereço: Av. Agulhas Negras, s/n - Mangabeiras
Acesso gratuito

 

Praça do Papa
Foto: Adão de Souza / PBH

Parque Professor Amílcar Vianna Martins

Apesar de funcionar como parque há apenas 12 anos, a área sempre recebeu fluxo de visitantes interessados na vista privilegiada. O espaço abriga um prédio que mantém o primeiro reservatório de água da cidade, conhecido como Reservatório da Serra. O prédio, tombado pelo Patrimônio Cultural da Fundação Municipal de Cultura, foi construído em 1897, ano em que Belo Horizonte foi inaugurada. Para a contemplação dos contornos da cidade, o visitante conta com um deck de 210 metros quadrados. Os brinquedos ao ar livre, a diversidade da vegetação — a exemplo das araucárias e árvores frutíferas — e a prática de esportes completam a experiência.

Endereço: Rua Cobre, 114 - Cruzeiro 
Telefone: (31) 3277-4161
Funcionamento: de quinta a domingo, das 8h às 17h.
Acesso gratuito
 

Mirante Parque Professor Amílcar Vianna Martins
Foto: Ulisses RPM / Acervo Belotur

Mirante Rua Sapucaí

Que tal conhecer um mirante diferente? A mureta da Rua Sapucaí desenvolveu-se como ponto turístico de Belo Horizonte devido a uma combinação de fatores: intervenções artísticas e culturais, estabelecimento de restaurantes e bares especializados em servir a combinação boa comida+bons drinks+boa música e a redescoberta de um ângulo único para se admirar o centro de Belo Horizonte. Em dezembro de 2018, a via recebeu duas lunetas, que permitem um “zoom” na arquitetura e no skyline em constante transformação.


Endereço: Rua Sapucaí - Bairro Floresta
Funcionamento: 24h
Acesso gratuito
 

Mirante Rua Sapucai
Foto: Divulgação / Cura.Art